Portal do Associativismo do Concelho de Peniche

 

etapa inaugural bodyboard 2

Ricardo Rosmaninho, Joana Schenker e Luís Pereira triunfam em Peniche

A Capital da Onda, Peniche, cumpriu e houve espetáculo na etapa inaugural do Circuito Nacional de Bodyboard 2019 powered by BBoard TV, com Ricardo Rosmaninho, Joana Schenker e Luís “Porkito” Pereira a sagrarem-se vencedores, respetivamente, das categorias Open, Feminino e Dropknee.

Com o mar a crescer durante todo o dia, com ondas a oscilar entre o meio-metro da parte da manhã até aos quase dois metros na final, mas sempre desafiantes, quem foi até à Praia do Pico da Mota, na parte norte de Peniche, não deu o tempo por mal empregue com grandes desempenhos dos melhores atletas nacionais.

A grande surpresa do dia, aliás, surgiu mesmo nos quartos de final, com o jovem Joel Rodrigues, de apenas 14 anos, a vencer a sua bateria, relegando o vice-campeão nacional Daniel Fonseca para segundo e a eliminar o 10 vezes campeão nacional Manuel Centeno.

“Não estava à espera de passar este heat, mas apanhei as melhores ondas e consegui. Quanto ao circuito, não tenho grandes expectativas, apenas posso dizer que vou dar o meu melhor”, comentou o jovem bodyboarder do Clube Naval Povoense, da Póvoa do Varzim que, todavia, seria eliminado nas meias, ultrapassado pelo nazareno Dino Carmo e pelo local de Peniche, Daniel Fonseca. Ainda assim, uma excelente prestação desta promessa da modalidade.
Além de Centeno, ficaram pelo caminho nos quartos, nomes como os experientes Silvano Lourenço, do Peniche Surfing Clube, Hélder Mendes, da Costa da Caparica, ou Bernardo Tomé, de Santa Cruz, para citar apenas alguns.

Falando então das “meias”, estas ditaram que além de Daniel Fonseca e Dino Carmo, também fossem apurados para a bateria decisiva do campeonato, Ricardo Rosmaninho e Miguel Adão.

E na final, Rosmaninho não deu hipóteses à concorrência, com duas ondas na casa dos 8 e 7 pontos, arrumando o favoritismo local de Daniel Fonseca. O figueirense Miguel Adão foi terceiro e Dino Carmo fechou o pódio.
“Estava muito nervoso, mas comecei bem o heat e tudo se tornou mais fácil. Depois daquela onda de oito percebi que só faltava mais uma boa onda para ganhar. Com esta vitória, ganha ainda mais força o meu sonho de ganhar o Nacional e estou com fé que este é o ano”, assumiu Ricardo Rosmaninho.

Joana Schenker imparável
Joana Schenker começou a defesa do título nacional da melhor maneira com uma vitória. A bodyboarder de Sagres, que havia faltado à última etapa do ano passado, mostrou que não se esqueceu de como vencer e, apesar da excelente oposição da jovem carcavelense Mariana Rosa, da nazarena Teresa Almeida e de Madalena Padrela, outro produto da escola de Carcavelos, Joana levou o troféu mais valioso da competição feminina.
Pelo meio, Schenker ainda arrancou uma das melhores manobras do campeonato, um “rollo” aéreo que lhe valeu 9 pontos na meia-final.
“Estou muito contente porque no primeiro campeonato da época há sempre aquela ansiedade em saber se estamos em forma, se o ‘mojo’ ainda está no sítio. O mar estava mais difícil na final e a nova geração batalhou forte, pelo que não me facilitou a vida. Mas é bom para mim e para o bodyboard nacional que assim seja”, congratulou-se Joana Schenker, pentacampeã nacional.

A surpresa de Luís Pereira
À saída da água, Luís “Porkito” Pereira quase nem queria acreditar que tinha ganho a final de Dropknee, deixando para trás o penichense Hélio “Laranja” Conde, o local da Praia Grande Nicolas Rosner e o figueirense Miguel Adão.
“Ainda nem acredito, mas pelos vistos, ganhei. Estavam condições muito difíceis para o Dropknee, mas acabei por fazer um pouco melhor que os outros, pelo menos é o que os juízes acharam”, desabafou o figueirense.

Um sucesso organizativo
Peniche Bodyboard Meeting, a primeira etapa do Circuito Nacional de Bodyboard 2019 powered by BBoard TV, saldou-se por um sucesso organizativo, na opinião do presidente da Federação Portuguesa de SurfJoão Aranha:
“Uma prova muito bem organizada, com muito boas ondas no primeiro dia, condições muito desafiantes no segundo dia, mas todos demonstraram um nível incrível. Por outro lado, o apoio que o circuito tem este ano por parte da BBoard TV assegura que a modalidade está novamente no bom caminho no nosso país.”

Igualmente satisfeito, o vice-presidente da Câmara Municipal de PenicheMark Ministro, congratulou-se pelo excelente espetáculo:
“Uma grande competição, São Pedro a ajudar e o Peniche Surfing Clube a fazer o grande trabalho que lhe é habitual.”

Naturalmente contente pelo sucesso da sua aposta, Paulo Ferreira, presidente do Peniche Surfing Clube manifestou a sua gratidão pela “oportunidade de organizar este campeonato”: “Antes de mais agradecer por organizar mais um ano esta etapa de bodyboard, com o apoio da Câmara de Peniche e da BBoard TV. Queríamos muito ter tido a prova em Supertubos mas acabámos por ter Pico da Mota com condições pesadas e difíceis, que é para isso que o bodyboard foi inventado. Este ano pode ser um ano histórico para a modalidade e estamos orgulhosos por poder dar o nosso modesto contributo.”

O Nacional segue agora para a Caparica onde, a 13 e 14 de abril, decorrerá a segunda etapa, mais uma vez, com as categorias Open, Feminino e Dropknee.

organização da primeira etapa do Circuito Nacional de Bodyboard está a cargo do Peniche Surfing Clube, em parceria com a Câmara Municipal de Peniche e a Federação Portuguesa de Surf. Conta com os apoios da Rip CurlBBoard TVRefresh Bodyboards e Onil Design.

Apoios institucionais a este evento são os da Fundação do DesportoBombeiros Voluntários de PenicheSurfrider Foundation PenicheMarmeu – Associação de Defesa do AmbienteEscola Superior de Desporto de Rio Maior – IPSEscola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar – IPL.

Media partnersBBoard TVMEO BeachcamSurftotal.

Rádio OficialHiper FM

Fonte: Peniche Surfing Club